Alunos da Antônio Carvalho Brasil produzem painel em homenagem ao Círio de Nazaré
DuReis Oliveira

Alunos da Antônio Carvalho Brasil produzem painel em homenagem ao Círio de Nazaré

Os alunos da Escola Municipal Antônio Carvalho Brasil, no bairro da Cremação, junto com a professora de educação artística Eliana Marília Fernandes, vem trabalhando na montagem de um painel com desenhos produzidos pelos próprios alunos. A temática é renovada anualmente, mas sempre relacionada à cultura do Círio de Nazaré. Neste ano, o tema é “Rosas para Maria”, que será representado por uma colagem de flores nos desenhos dos estudantes. A culminância será no dia 28 de setembro, com a exposição do painel na escola, além da visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré e um “mini-Círio” na unidade.

São 320 desenhos e 500 fitas comemorativas do Círio que vão formar a imagem de um céu azul. Alunos de todas as religiões participam do projeto. “As crianças e os pais percebem que o Círio é importante para o nosso Pará, para Belém, que faz parte da nossa cultura e das muitas coisas que nós temos a mostrar”, conta a professora Eliana, criadora do projeto “Nazaré das Crianças”. Ela narra para os alunos a história do nascimento de Jesus até a sua chegada em Nazaré. Os pequenos escutam a tudo com atenção.

Durante a atividade, os alunos da educação infantil até o 6º ano, recebem uma folha de papel com dois círculos marcando as cabeças de Nossa Senhora de Nazaré e do menino Jesus. A partir daí, sob a supervisão da professora Eliana, eles ficam livres para completar da maneira que a criatividade de cada um mandar, com os traços, expressões e cores que preferirem. Os resultados encantam e surpreendem pelo capricho.

Vitória Cristina Marques participa do projeto há cinco anos, desde quando entrou na EM Antônio Carvalho Brasil. “É legal desenhar a Santinha. Quando o desenho está no painel eu sinto muito orgulho de ter feito parte”, diz a menina de 10 anos, enquanto desenha os enfeites do tradicional manto da Santa. O estreante nos desenhos é Alison Ribeiro, de 12 anos. “Eu vi o painel do ano passado e acho que o desse ano vai superar”, diz empolgado. “Sou evangélico, mas gosto do Círio. Acho que é importante aprender sobre isso”, completa, voltando rapidamente a atenção para o desenho.

A escola Antônio Carvalho Brasil realiza um trabalho contínuo de inclusão de alunos com necessidades especiais. As estudantes Jamille Moreira e Dayane Magno, de 11 anos, se divertem na hora de desenhar e colorir suas criações da Padroeira da Amazônia. As duas, que são melhores amigas, possuem deficiência intelectual. “Gosto da história da Santa. Meu desenho é bem colorido e fica legal”, conta Jamille, antes de colorir os cabelos da imagem de azul. Dayane é apaixonada por desenhar. “É divertido. Eu gosto muito de desenhar”, diz a garota.

Projeto - O projeto “Nazaré das Crianças” surgiu quando a professora Eliana Marília Fernandes decidiu fazer uma homenagem ao Círio de Nazaré, mas queria algo  simples e que trouxesse arte. “A gente não podia gastar muito dinheiro, então veio a ideia de fazer os desenhos. No início, os desenhos eram nos cadernos dos alunos. Depois resolvi fazer os painéis e todo mundo da escola aprovou”, lembra Eliana. Para a temática de 2018 a professora buscou inspiração na natureza. “Eu queria uma coisa mais natural. As flores para Maria representam os alunos, para agradar Nossa Senhora”, completa a professora. Todos da escola se dedicam a produzir os desenhos dos alunos, incluindo a direção e professores. Os desenhos do painel formam a bandeira do Pará.

Por Vanessa Pinheiro

Publicidade