IMG-LOGO

Esporte

Chuva de dólar! Confira a li$ta com o$ maiore$ ganhadore$ de bônu$ da hi$tória do UFC

por DuReis Oliveira - 31/03/2020 126 Visualizações
Chuva de dólar! Confira a li$ta com o$ maiore$ ganhadore$ de bônu$ da hi$tória do UFC

Desde o UFC 70, realizado em abril de 2007, o Ultimate mantém uma distribuição sistemática de bônus em dinheiro a partir das performances de seus lutadores no octógono. Os valores variaram por muito tempo, mas desde 2013 fixou-se a quantia de US$ 50 mil para cada bônus, costumando-se a premiar quatro atletas por evento. Já alguns bônus mais antigos nem mesmo se tem registro do valor.

Combate preparou uma lista com os atletas que mais bônus arrecadaram ao longo da história. Se somadas as quantias que esses atletas receberam, mesmo sem levar em consideração bolsas para lutar, bônus por vitória, patrocínios, e outros ganhos, os ganhos são altos. Confira abaixo aqueles que estão no topo da organização no quesito:

 

Frankie Edgar - 10 bônus (USS 450 mil)

Chuva de dólar! Confira a li$ta com o$ maiore$ ganhadore$ de bônu$ da hi$tória do UFC

Aos 38 anos, Frankie Edgar já foi campeão peso-leve do UFC e por duas vezes perdeu a chance de ser campeão dos penas. Mas o americano é um colecionador de bônus. O primeiro deles veio logo na estreia, em 2007, numa vitória por pontos diante de Tyson Griffin que levou a “luta da noite”. Vitórias contra Cub Swanson, por finalização, e Chad Mendes, por nocaute - este seu último bônus, ainda em 2015 -, também já renderam a “performance da noite”.

 

Tony Ferguson - 10 bônus (US$ 500 mil)

Chuva de dólar! Confira a li$ta com o$ maiore$ ganhadore$ de bônu$ da hi$tória do UFC

Tony Ferguson, com 36 anos, já levou seu primeiro bônus no Ultimate logo na estreia, quando disputou a final do TUF 13. Ele nocauteou Ramsey Nijem ainda no primeiro round. Nas últimas oito lutas, foram oito bônus conquistados - numa delas, ele não levou nenhum, mas em outra conquistou dois. Esse bônus duplo veio na vitória por finalização diante de Edson Barboza, que rendeu a “luta da noite” e “performance da noite” a El Cucuy. Ferguson já foi campeão interino dos leves.

 

Dustin Poirier - 10 bônus (US$ 505 mil)

Chuva de dólar! Confira a li$ta com o$ maiore$ ganhadore$ de bônu$ da hi$tória do UFC

Ex-campeão interino do peso-leve, Dustin Poirier é mais um da lista com 10 bônus na carreira dentro do Ultimate. O primeiro bônus foi com uma finalização diante de Max Holloway, ainda em 2012. E o último deles veio justamente contra o mesmo adversário, em abril de 2019, quando venceu de novo na disputa pelo cinturão interino dos leves. Os dois foram premiados com a “luta da noite”.

 

Conor McGregor - 10 bônus (US$ 510 mil)

Chuva de dólar! Confira a li$ta com o$ maiore$ ganhadore$ de bônu$ da hi$tória do UFC

Estrela principal do UFC nos dias atuais e ex-campeão dos penas e dos leves, Conor McGregor poderia ter mais que os 10 bônus que soma hoje, não fosse o tempo grande que costuma se afastar do octógono. Em 2013, ao estrear no Ultimate, ficou com o “nocaute da noite” ao vencer Marcus Brimage. Depois disso, em 11 lutas na organização, levou bônus em nove delas, inclusive na derrota para Nate Diaz. O dinheiro extra só não veio na vitória contra Max Holloway, em 2013, e na derrota para Khabib Nurmagomedov, em 2018.

 

UFC COMBATE



Compartilhar: