Moradores em situação de rua acolhidos na pandemia serão remanejados do Mangueirão, em Belém #Pará

Moradores em situação de rua acolhidos na pandemia serão remanejados do Mangueirão, em Belém

Moradores em situação de rua acolhidos na pandemia serão remanejados do Mangueirão, em Belém

17/07/2020 11h06 83

Acolhidos vão para outro espaço e receberão capacitação para ingresso no mercado de trabalho. Governo do Pará já abrigou aproximadamente 700 pessoas em situação de rua durante a pandemia. Agência Pará Os moradores em situação de rua acolhidos pelo Governo do Pará no Estádio Mangueirão durante o pico da pandemia da Covid-19 serão remanejados até o final de julho para outro espaço, em Belém. A saída do Estádio Olímpico é necessária porque o local retomará suas atividades e passará por reformas. Durante esse período de pandemia, os assistidos tiveram acesso a serviços de assistência jurídica e emissão de certidões de nascimento e carteiras de identidade por meio da Defensoria Pública do Estado e da Polícia Civil do Pará. Com os documentos, a equipe da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) realizou o cadastro de homens e mulheres no Auxílio Emergencial, do Governo Federal. A medida poderá possibilitar que muitos acolhidos deixem os espaços porque consigam alugar kitnets e retomar o vínculo familiar. “A partir da saída estaremos fortalecendo ações de capacitação e empregabilidade, nos baseando em pesquisas de perfil realizadas pela Seaster. Estaremos encaminhando para o mercado de trabalho e oferecendo suporte aos que nos acompanharam até aqui”, destacou o secretário da Seaster Inocencio Gasparim. A ação de acolhimento dos moradores de rua abrigou cerca de 700 pessoas nos primeiros meses, e atualmente, cerca de 200 estão no Mangueirão e Magueirinho. Os dois espaços oferecem cinco refeições por dia, além da entrega de kits de higiene pessoal, máscaras de proteção e dispõem de pias para a lavagem constante das mãos. Nenhum caso de contágio pelo novo coronavírus foi registrado entre eles.

fonte:G1 Pará



  • Compartilhe publicação:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter



Comentários